Votação por Correspondência

Instruções para a votação por correspondência

Se optar por votar por correspondência, deverá manifestar a sua vontade neste sentido, através do preenchimento, assinatura e envio do impresso que lhe será remetido pela Ordem dos Engenheiros, até ao dia 31 de maio de 2013. Exclusivamente aos eleitores que até ao dia 7 de Junho devolverem à Ordem o referido impresso preenchido, ser-lhes-ão enviados os boletins de voto em papel. O voto por correspondência poderá ser remetido logo que o membro eleitor esteja de posse dos boletins de voto em papel, mas só será considerado válido se for recebido  na Sede Nacional da Ordem até ao encerramento da votação presencial. O voto por correspondência também poderá ser entregue em mão, pelo próprio membro eleitor, na Secretaria Geral da Ordem, dentro dos respetivos horários de abertura ao público, até à véspera do dia da votação, sendo-lhe emitido documento da sua receção.

Só será admitido o voto por correspondência se:
a) Os boletins de voto em papel estiverem dobrados em quatro e inseridos no sobrescrito interior;
b) O sobrescrito interior estiver fechado e assinado pelo membro eleitor;
c) O sobrescrito interior estiver inserido no sobrescrito exterior;
d) A assinatura referida na alínea b) poderá ser reconhecida por notário ou através de cópia da cédula profissional, do bilhete de identidade ou do cartão do cidadão, sendo que, nestes casos, a referida cópia deverá ser também introduzida no sobrescrito exterior.


Mais informações:

 Regulamento das Especializações


 Regulamento de Eleições e Referendos


 Estatuto da Ordem dos Engenheiros
(As Especializações estão previstas no art. 37º)